Peixes contaminados usados em pesquisa são furtados de laboratório da Unesp


08/01/2019 20:01



Cem quilos de peixe foram furtados do campus em Ilha Solteira (SP). Animais podem fazer mal caso sejam consumidos. Nenhum suspeito foi detido e polícia investiga o caso.

Cerca de 50 peixes contaminados que eram utilizados em pesquisas feitas na Unesp de Ilha Solteira (SP) foram furtados do laboratório de biologia e zootecnia, na madrugada desta terça-feira (8).

Segundo a universidade, os criminosos entraram na estufa após rasgar uma tela lateral e furtaram cerca de 100 quilos de peixes da espécie piracanjuba.

Os animais faziam parte de um projeto de pesquisa internacional e estavam contaminados com substância tóxicas.

A polícia e os pesquisadores alertam os moradores da região de Ilha Solteira para não comprarem peixes da espécie piracanjuba de procedência duvidosa, já que podem ser os animais contaminados.

Um boletim de ocorrência foi registrado e o caso será investigado pela Polícia Civil, que abriu um inquérito do caso. Nenhum suspeito foi detido. Denúncias podem ser feitas de modo anônimo pelo número 157.

Fonte: G1


Nossos Parceiros