Hoje (10), é comemorado o "Dia do Policial Militar Rodoviário"


10/01/2019 13:01



PARABÉNS A TODOS OS POLICIAIS RODOVIÁRIOS, ESPECIALMENTE OS  VALOROSOS AMIGOS DA BASE OPERACIONAL DE ADAMANTINA/SP.

Polícia Rodoviária do Estado de São Paulo.

Polícia Rodoviária do Estado de São Paulo é uma modalidade de policiamento da Polícia Militar do Estado de São Paulo, criada para dar apoio ao DER (Departamento de Estradas de Rodagem) em acidentes e atendimentos aos usuários dentre outros é responsável pela fiscalização de trânsito e preservação da ordem pública nas rodovias estaduais.

História

Criada em 10 de janeiro de 1948 pelo Governador do Estado de São Paulo o Dr. Ademar Pereira de Barros, com o nome de Grupo Especial de Polícia Rodoviária, com um efetivo de 60 homens, ex-combatentes da Força Expedicionária Brasileira, comandados pelo 1º Tenente José de Pina Figueiredo, da então Força Pública, inicialmente atuava na recém inaugurada SP-150Rodovia Anchieta.

A partir de 16 de novembro de 1962, passou a constituir uma fração da Milícia Paulista (Força Pública), sob a denominação de Corpo de Policiamento Rodoviário, e em 4 de dezembro de 1973, teve sua denominação adequada à função especial que exercia, passando a denominar-se Batalhão de Policiamento Rodoviário.

Em 15 de dezembro de 1975, após nova adequação, foi denominado de 1º Batalhão de Polícia Rodoviária, com sede em São Bernardo do Campo-SP, do qual foram desmembrados, em 7 de agosto de 1977, o 2º Batalhão de Polícia Rodoviária, com sede em Bauru-SP e, em 25 de janeiro de 1979, o 3º Batalhão de Polícia Rodoviária, com sede em Rio Claro-SP, os quais passaram a ter suas atividades coordenadas pelo Comando de Policiamento Rodoviário, com sede em São Paulo-SP, criado também em 25 de janeiro de 1979.

Buscando o constante aperfeiçoamento e a adequação de sua atuação às necessidades impostas pela complexidade da malha rodoviária paulista, em 30 de setembro de 1987, foi criado o TOR - Tático Ostensivo Rodoviário, cuja missão é atuar como Força Tática nas rodovias, empregando equipamentos, armamentos, técnicas e táticas específicas para as atividades de polícia ostensiva e de preservação da ordem pública nas rodovias.

O Comando de Policiamento Rodoviário, no ano do seu cinqüentenário, abriu as portas para a mulher brasileira, inicialmente com 40 policiais femininos que atuavam exclusivamente no sistema Anchieta/Imigrantes. Mais tarde, a atuação da mulher nas rodovias foi ampliada com a classificação de policiais femininos nas diversas unidades do Estado.

Em 16 de dezembro de 2004 foi criado o 4º Batalhão de Polícia Rodoviária, sediado em Jundiaí-SP, subordinado ao Comando de Policiamento Rodoviário, responsável pela polícia ostensiva e preservação da ordem pública em ações de policiamento de trânsito rodoviário, destinado a fortalecer a segurança nas rodovias compreendidas pelo cinturão rodoviário ao redor da Capital, abrangendo as saídas para as Regiões norte, oeste e sudoeste do Estado, dividindo as áreas de atuação dos antigos batalhões.

Em 27 de novembro de 2008, foi criado o 5º Batalhão de Polícia Rodoviária. Esta nova unidade teve dentro do planejamento a designação para se instalar na cidade de Sorocaba, sendo responsável pelo policiamento ostensivo e a fiscalização de trânsito em uma malha viária de milhares de quilômetros de rodovias paulistas, alcançando 81 municípios, onde destacamos a abrangência de São Paulo (Capital) a Botucatu.

Missão

Atualmente o Comando de Policiamento Rodoviário, como segmento especializado da Polícia Militar do Estado de São Paulo, é responsável pelo policiamento ostensivo de trânsito e pela preservação da ordem pública em toda a malha rodoviária paulista, perfazendo um total de mais de 20 mil quilômetros de rodovias, onde atuam mais de 4 mil homens e mulheres que, diuturnamente, lutam pela segurança dos usuários das rodovias com o mesmo afinco dos pioneiros da década de 1940, materializando o compromisso organizacional com a defesa da vida, da integridade física e da dignidade da pessoa humana.

Principais atividades e serviços prestados

  • 1. Realizar a fiscalização e o policiamento de trânsito, autuando infratores a legislação.
  • 2. Realizar intervenção direta e imediata nas ocorrências de acidentes de trânsito, promovendo a fluidez do trânsito, adotando as providencias de emergência e registrando circunstancialmente o fato.
  • 3. Realizar o policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública nas rodovias.
  • 4. Realizar operações policiais preventivas em toda malha viária e áreas lindeiras, visando à diminuição dos ilícitos penais.
  • 5. Fornecer copia dos Boletins de Acidente de Trânsito Rodoviário para uso das pessoas interessadas e atestados.

Estrutura

O Policiamento Rodoviário e executado por cinco Batalhões distribuídos ao longo das Rodovias do Estado de São Paulo.

1º Batalhão de Polícia Rodoviária - 1º BPRv

Sede - São Bernardo do Campo
Companhias
  • 3ª Cia. Taubaté
    • Rua Armando de Moura, n°41, Jardim Sônia Maria
    • Telefone: (12) 3633-3888

2º Batalhão de Polícia Rodoviária - 2º BPRv

Sede - Bauru
Companhias

3º Batalhão de Polícia Rodoviária - 3º BPRv

Sede - Araraquara [2] [3] [4]
Companhias

4º Batalhão de Polícia Rodoviária - 4º BPRv

Sede - Jundiaí
Companhias
  • 1ª Cia. Jundiaí
    • Rua Bom Jesus de Pirapora nº 1721, Vila Rami
    • Telefone: (11) 4587-6170

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Pol%C3%ADcia_Rodovi%C3%A1ria_do_Estado_de_S%C3%A3o_Paulo

5º Batalhão de Polícia Rodoviária - 5º BPRv

Sede - Sorocaba
Companhias

Nossos Parceiros