'Felicidade imensa', diz mãe após alta de recém-nascida que nasceu com menos de 500 gramas


06/12/2017 13:12



Criança nasceu de seis meses por complicação na gestação e ficou internada desde julho, em São José do Rio Preto (SP), para ganhar peso.

Com o sorriso estampado no rosto, a mãe da pequena Hianny era pura alegria em saber que o dia em que poderia ter a filha recém-nascida nos braços e levá-la para casa tinha chegado. Isso aconteceu nesta terça-feira (5), após os cinco longos meses em que a bebê ficou internada no Hospital da Criança de São José do Rio Preto (SP).

A menina nasceu com 440 gramas e pouco mais de 26 centímetros de comprimeto. “Foi um dia muito esperado. É uma felicidade imensa ter este presente de Natal nos braços e poder festejar com minha filha em casa”, afirma Andréia Gonçalves Ferreira.

A pequena Hianny nasceu em um tamanho considerado sete vezes menor que um recém-nascido comum, no dia 13 de julho. Ela é a menor bebê nascida no hospital da cidade.

De acordo com a pediatra Fernanda Ribeiro, a gestação de Andréia Gonçalves Ferreira foi de risco e, por isso, a menina nasceu com pouco mais de 6 meses de gestação. A internação de cinco meses foi necessária para que a criança ganhasse peso enquanto era assistida pela equipe médica.

“A Hianny teve um parto prematuro por causa da bolsa da mãe romper prematuramente. A mãe já tinha histórico de hipertensão e isso fez com que provocasse restrição intrauterina”, explica a profissional.

Após a internação, atualmente a criança está com 1,8 quilo. Apesar de receber alta, Hianny vai continuar sendo acompanhada pela equipe médica do hospital.

Fonte: G1


Nossos Parceiros