Projeto dracenense “DNA Conciliado é Legal” receberá prêmio nacional


28/12/2018 19:12



O projeto é uma parceria entre IMESC, CEJUSC, Unifadra/Fundec e Prefeitura Municipal.

O projeto “DNA Conciliado é Legal” foi um dos vencedores da 9ª edição do Prêmio Conciliar é Legal, organizado pelo Conselho Nacional de Justiça. A lista dos melhores trabalhos do Brasil foi divulgada no dia 21 de dezembro.

O projeto dracenense é realizado por meio de uma parceria entre o Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo – IMESC, o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da Comarca de Dracena/SP – CEJUSC, instalado no CEDRAC, a Faculdade Unifadra/Fundec (com os cursos de Enfermagem e Psicologia) e a Prefeitura Municipal de Dracena.  O prêmio está na categoria Juiz Individual (Justiça Estadual), na pessoa do Dr. Marcus Frazão Frota, Juiz de Direito da Comarca de Dracena, e será entregue no próximo dia 05 de fevereiro, em Brasília/DF. “O prêmio maior foi da população, que pode fazer seu exame de DNA de forma gratuita”, enfatizou Frazão.

O “DNA Conciliado é Legal” foi organizado pela gestora do CEJUSC Maria Dias Pereira de Medeiros, com a coautoria do juiz de Direito Marcus Frazão Frota, incentivador que inscreveu o projeto no Prêmio que elevou o trabalho ao melhor do país. Segundo Maria Dias, a parceria criou uma Central Regional Descentralizada do IMESC no município de Dracena e, com os resultados obtidos desde 2006, passou-se a realizar exames de DNA gratuitos aos necessitados da região, acoplando sua estrutura a um posto avançado do CEJUSC Dracena, localizado no CEDRAC – Centro Dracenense de Atendimento ao Cidadão.

O curso de Enfermagem da Unifadra/Fundec é responsável por todas as coletas de materiais genéticos que são realizadas no CEDRAC semanalmente, estando em contato direto com os núcleos de genética do IMESC. "A Fundec, por meio de seu curso de Enfermagem, cumpre o seu papel social com a comunidade na prestação de serviços gratuitos e de alto nível. A premiação vem coroar esse excelente trabalho de parceria”, destacou Edson Hissatomi Kai, diretor executivo da Fundec.

“Essa é uma das maiores ações de cidadania dentro do Judiciário. A parceria de todos os envolvidos é essencial para a prestação desse serviço para a população regional em busca da garantia da cidadania e agilidade nos exames de paternidade”, destacou Maria Dias.

O prefeito Juliano Bertolini Brito destacou que está muito feliz com essa premiação reconhecida pelo CNJ. “Os resultados são os frutos de um trabalho que estamos desenvolvendo desde o início de 2017, para oferecer um serviço de qualidade e tão importante para a comunidade em um local pensado justamente para atendimentos humanizados”, comentou o prefeito.

Segundo Sérgio Maranhão, superintendente do IMESC, é uma enorme honra para o IMESC receber esse prêmio do Conselho Nacional de Justiça. “Honra que se torna ainda maior por ter como partícipes a Unifadra, a Prefeitura e o CEJUSC que engrandecem esse brilhante trabalho”, falou Maranhão.

Com o projeto, diminui-se o tempo de espera para as famílias, diminui-se o gasto estatal com processos judiciais e estabelece soluções consensuais de forma mais humanizada para a população de Dracena e região.

A logomarca do projeto foi gentilmente criada pela arquiteta Natália Medeiros.

Fernando Nunes

Assessoria Unifadra/Fundec


Nossos Parceiros