Curso de Estética atende o mercado em expansão na área da beleza


08/01/2019 12:01



A atual demanda do mercado, na qual as pessoas buscam cada vez mais cuidados com beleza e bem-estar, traz para as profissões da área de estética um vasto campo de atuação. Aliado a isso, a procura por cursos técnicos vem crescendo nos últimos anos e permite que o profissional formado tenha seu credenciamento em um conselho de classe, garantindo sua autorização para exercer seu trabalho.Os cursos técnicos são opções mais acessíveis financeiramente para capacitação profissional e podem agilizar a colocação no mercado de trabalho.Uma nova lei, aprovada em 2018 pelo Senado, passa a exigir diploma para profissionais de Estética, regulamentando a profissão de esteticista nos níveis superior e técnico. O técnico passa agora a ter a obrigatoriedade do curso Técnico em Estética oferecido no Brasil ou no exterior, desde que tenha a revalidação do diploma. O curso Técnico em Estética oferecido pelo CEP/UME já se enquadra nessa nova lei, formando um profissional capacitado e autorizado para atuar na área.Com décadas de tradição, os cursos técnicos do CEP/UME, unidade mantida pela Fundec, buscam capacitar o aluno a executar tarefas que exijam conhecimentos teóricos mais avançados e são indicados para quem deseja ter um currículo que tenha inúmeras áreas de atuação.A diretora do CEP/UME Julia Portari destacou que para que um curso técnico seja válido, precisa ser homologado pela Diretoria de Ensino Regional (Secretaria Estadual de Educação), ter a carga horária mínima de 1.200 horas (variando para mais, dependendo do curso) e fornecer ao aluno um diploma que lhe permita fazer seu registro profissional.“Os registros profissionais autorizam a atuação no mercado de trabalho de forma regularizada. Por exemplo, Técnicos em Enfermagem fazem seu registro no COREN (Conselho Regional de Enfermagem), entre outros”, explicou a diretora.Julia Portari destacou que é necessário que se observem todas essas normas quando se matricular em um curso para atuar como profissional regulamentado. A diretora ainda ressaltou que hoje são realizados muitos concursos que exigem nível técnico na escolaridade.

Técnico em Estética

O curso possui a duração de 18 meses, com a carga horária de 1.200 horas (exigida por lei para garantir ao aluno formado o registro no órgão competente). Com uma equipe de docentes qualificados e com experiência profissional na área, os alunos terão acesso à vivência de situações reais de trabalho, que privilegiam a formação de um profissional de acordo com as exigências do mercado.O Técnico em Estética poderá atuar em espaço próprio ou de terceiros e em domicílio, institutos de estética e beleza, clínicas médicas, hotéis, spas, academias e demais serviços de saúde e bem-estar.A profissão é reconhecida pela Lei nº 12.592, de 18 de janeiro de 2012.As matrículas para o curso Técnico em Estética estão abertas e podem ser feitas na Secretaria Geral da Fundec (Rua Bahia, 332 – Dracena/SP). Mais informações: (18) 3821-9004. 

Fernando Nunes

Diretor de Comunicação Fundec


Nossos Parceiros