Trabalhador morre vítima de soterramento em obra no Centro de Presidente Prudente


11/10/2018 12:10



Prefeitura informou que a construção no local estava embargada e que o proprietário 'não tinha autorização para continuar com os trabalhos'.

Um trabalhador de 32 anos morreu vítima de soterramento em uma obra da construção civil no Centro de Presidente Prudente na manhã desta quinta-feira (11). Segundo o Corpo de Bombeiros, o homem ficou cerca de uma hora soterrado no local após o desabamento de uma parede.

A vítima foi socorrida e encaminhada em estado grave à Santa Casa de Misericórdia com parada cardiorrespiratória. No entanto, segundo o hospital, o homem já chegou sem vida à unidade de saúde.

Segundo a Prefeitura, a obra onde o homem trabalhava estava embargada.

Outro homem que também trabalhava na mesma obra ficou ferido em decorrência do soterramento, mas conseguiu escapar com vida.

A construção de um barracão comercial fica na Avenida Brasil, em frente ao Camelódromo localizado na Praça da Bandeira.

A Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seplan) informou que a obra em questão já havia sido embargada pela Prefeitura por não ter projeto aprovado pela própria pasta.

Segundo a Prefeitura, o proprietário da obra foi notificado do embargo no último dia 5 de outubro e, desta forma, “não tinha autorização para continuar com os trabalhos no local".

A Polícia Civil informou ao G1 que a obra não poderia ter continuidade enquanto não fosse autorizada pela Prefeitura.

A Polícia Civil vai apurar se o local oferecia estrutura para a obra e se foram seguidas diretrizes técnicas. Também será apurada eventual prática de homicídio e lesão corporal culposos. 

Danos 

A queda da parede que caiu sobre o trabalhador causou um buraco em uma loja que fica ao lado da obra. Durante parte da manhã, o local ficou interditado.

O incidente deixou o trânsito lento e congestionado nas imediações das avenidas Brasil e Washington Luiz.

Fonte: 

 


Nossos Parceiros