Grave acidente com ônibus mata duas pessoas no contorno de Marilia


11/03/2018 21:03



Duas pessoas, entre elas uma criança, morreram durante a noite deste domingo (11) após gravíssimo acidente na Rodovia do Contorno (SP-294) em Marília.

Segundo as primeiras informações, um automóvel ficou prensado entre um ônibus e uma carreta, no trecho entre o pontilhão da Via Expressa e acesso ao hotel Sun Valley.

Outras duas vítimas ficaram presas nas ferragens. Policiamento rodoviário, Corpo de Bombeiros e Samu trabalham no local. Os mortos ainda não foram identificados.

O trânsito no sentido Unimar está parcialmente interditado. 

Segundo informações o coletivo é da Empresa Andorinha.

Fonte: Marília Notícias

Foto: Visão Noticias

ATUALIZADO:

O caminhoneiro Euclydes Lopes Filho, 55 anos, foi preso em flagrante por lesão corporal e homicídio culposo na direção de veículo automotor, após se envolver em um engavetamento na noite de domingo (11) na Rodovia do Contorno (SP-294), em Marília. Teste do bafômetro apontou 0,21 miligramas de álcool.

Uma criança de 10 anos identificada como Eduardo Comelli de Aguiar, que estava em um automóvel Volkswagen Golf, morreu no local. O carro foi prensado e os outros três ocupantes, da mesma família, de Assis (distante 74,3 quilômetros), ficaram em estado grave.

O pai, um empresário de 42 anos, conduzia o carro e a mãe, uma professora de 35, ocupava o banco do passageiro. Também estava no veículo outro filho do casal, de 11 anos.

O motorista, de 53 anos, de um ônibus da Viação Andorinha que seguia para Presidente Prudente (distante 175 quilômetros), e também se envolveu nas colisões, sofreu um ferimento no rosto.

Segundo o boletim de ocorrência, a Polícia Rodoviária foi acionada por volta das 21h com a informação de acidente de trânsito com vítima.

No local a equipe encontrou a carreta conduzida pelo caminhoneiro Euclydes, que mora em Garulhos (459 quilômetros de Marília), atravessada na pista.

O automóvel com a família de Assis estava esmagado contra a carreta pelo ônibus da Andorinha.

O motorista da carreta disse que o veículo que ele conduzia passou a apresentar problemas mecânicos e parou na pista no quilômetro 448 do Contorno. O meio de transporte teria começado a se movimentar para trás e após o freio não funcionar teria atravessado a pista.

O condutor do ônibus de passageiros relatou que o Golf com a família de Assis o ultrapassou momentos antes de colidir com a carreta. Ele afirmou que não teve tempo de frear e acabou batendo em ambos os veículos. Todos trafegavam no mesmo sentido.

O Samu e o Resgate do Corpo de Bombeiros socorrem as vítimas até o Hospital das Clínicas de Marília e a Polícia Rodoviária convidou Euclydes a realizar o teste do bafômetro. Após o aparelho acusar a ingestão de bebida alcóolica, o motorista da carreta disse que havia bebido na hora do almoço.

Euclydes foi apresentado no plantão policial de Marília e o delegado fixou o valor da fiança no valor de R$ 10 mil. A quantia não foi apresentada e o caminhoneiro terminou indiciado. Ele passaria por audiência de custódia e poderia ser levado para a Penitenciária de Marília.

A reportagem aguarda a atualização do estado de saúde das vítimas.

Fonte: Marilia Notícias


Nossos Parceiros