'Com a Rota, não se brinca', afirma Doria ao inaugurar Batalhão de Ações Especiais de Políci


12/04/2019 00:04



'Com a Rota, não se brinca', afirma Doria ao inaugurar Batalhão de Ações Especiais de Polícia em Presidente Prudente

Governador ainda disse que não lhe falta coragem 'para determinar uma política de segurança pública que funcione com polícia na rua e bandidos na cadeia'.

O governador do Estado de São Paulo, João Doria Junior (PSDB), fez nesta quinta-feira (11) a sua primeira visita ao Oeste Paulista depois de empossado no cargo.

Todos os compromissos concentraram-se em Presidente Prudente, na sede do 8º Comando de Policiamento do Interior (CPI-8), na Vila Formosa.

Doria inaugurou o 8º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep), com sede em Presidente Prudente e atuação em todo o Oeste Paulista.

“Não falta coragem, também, ao governador do Estado de São Paulo para determinar uma política de segurança pública que funcione com polícia na rua e bandidos na cadeia”, discursou Doria. 

Ele lembrou que a tropa integrante do Baep, formada por 285 policiais, que trabalharão com 32 viaturas, foi treinada com o padrão das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) e complementou: “Com a Rota, não se brinca”.

O governador iniciou o discurso no palanque, ao lado de autoridades da segurança pública, deputados e prefeitos, mas, logo após fazer alguns agradecimentos, desceu e foi discursar ao lado dos novos integrantes do Baep, que estavam fardados e sob um forte e intenso calor.

"Eu quero cumprimentar os policiais do Baep, mas vou fazer isso no sol, ao lado de vocês, para dar uma demonstração de que aqui não tem diferença, não. O comando é igual. Quero estar ao lado dos policiais que aqui estão", afirmou.

No início do seu discurso, Doria também disse que falaria rapidamente, em respeito aos policiais e aos presentes, que estavam no pátio da sede do CPI-8, onde ocorreu o evento, por conta da alta temperatura.

As falas do governador foram marcadas por acenos à corporação e a constantes elogios à polícia do Estado de São Paulo. Em várias oportunidades, o governador disse tratar-se da "melhor polícia do país", no Estado que "ostenta os menores índices de criminalidade".

“Aqui nós teremos agora policiais preparados, treinados para qualquer tipo de enfrentamento, no campo e na cidade, dentro da nova política de segurança pública do Estado de São Paulo”, declarou Doria.

“A polícia de São Paulo, fazendo jus ao fato de ser a melhor polícia do Brasil, não dará espaço para nenhum tipo de crime no nosso Estado”, salientou o governador.

Ele informou que o objetivo do governo é, até o fim deste ano, baixar o atual índice estadual de 6,7 homicídios por 100 mil habitantes para o patamar de 5,5.

Na ocasião, também foi anunciado o início das atividades dos Baeps de São José do Rio Preto e de São Paulo e dos Centros de Detenção Provisória (CDPs) 1 e 2 do município de Pacaembu.

Ainda em Presidente Prudente, Doria assinou a autorização de 779 títulos de propriedade urbana e rural e entregou obras realizadas na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425).

Além disso, o governador liberou mais de R$ 3 milhões a 13 municípios da região com recursos do Fundo de Desenvolvimento Econômico e Social do Pontal (Fundespar).

Após os compromissos em Presidente Prudente, Doria seguiu a Botucatu para participar da inauguração do Ambulatório de Especialidades do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina.

Fonte: Texto G1 

Fotos: Jorge Zanoni


Nossos Parceiros